Me chame pelo seu nome

26.2.18

Resultado de imagem para me chame pelo seu nome
Resenha: Filme
Sinopse: O sensível e único filho da família americana com ascendência italiana e francesa Perlman, Elio (Timothée Chalamet), está enfrentando outro verão preguiçoso na casa de seus pais na bela e lânguida paisagem italiana. Mas tudo muda quando Oliver (Armie Hammer), um acadêmico que veio ajudar a pesquisa de seu pai, chega.

Depois de muito e muito tempo namorando esse filme, resolvi me deslocar cerca de 4 horas de relógio até o cinema mais próximo para poder assistir e posso afirmar que foi uma experiência única. Quando me falaram do que se tratava o filme, eu confesso que duvidei da produção e imaginei algo tão clichê quanto todos os outros filmes desse mesmo gênero mas depois da oportunidade que me foi concebida, percebi que estava sendo um tanto quanto chata ao julgar o filme pela capa.

Ainda não tive oportunidade de ler o livro mas por alguns comentários que eu pude ver, o filme foi fiel ao seu irmão mais velho e isso é bastante interessante, pois muitas vezes o filme parece que não conta a mesma história que determinado filme que foi baseado nele. deixando-o chato e incompreensivo.


A forma de comunicação utilizada no filme prende você do início ao fim, principalmente se você é uma amante de linguagens diferentes, tanto em idiomas e sotaques, quanto em gírias de diferentes idades. O "romance" se passa entre um garoto de 17 anos e um adulto de 26 anos de idade, trazendo em vista algumas temáticas como diferença de idade em uma relação e a homossexualidade. 

O filme se passa em 1980 (um dos meus anos preferidos), trazendo consigo um cenário magnifico (roupas, casas, vestimentas e música). Assim que o Oliver (26 anos) chega na cidade, o Elio se encontra perdido em seus pensamentos, sobre seus gostos e toda aquela confusão de quem está felizmente tendo a chance de se descobrir. Confesso que meu coração ficou divido entre os dois personagens, o Oliver com sua maturidade chama a atenção de todas as formas, já o Elio com sua delicadeza e sua maravilhosa confusão te encanta da melhor forma já vista.

Resultado de imagem para me chame pelo seu nome
Me chame pelo seu nome: filme
Se você, assim como eu, é uma amante de fotografias, esse com certeza é o filme certo para você! É possível perceber logo de início todo cuidado com os cenários e com a maravilhosa iluminação, o que te deixa ainda mais feliz pois assistir filmes "escuros" não é uma boa opção. Todo essa carinha de filme da sessão da tarde pode te surpreender e eu posso provar.

Em 2015, James Ivory disse ao The New York Times que ele planejava dirigir um filme e que Shia LaBeouf e Greta Scacchi estariam no elenco. No entanto, em 2016, foi anunciado que ao invés disso, Luca Guadagnino iria dirigí-lo com um roteiro co-escrito por ele e Ivory, com Armie Hammer, Timothée Chalamet e Michael Stuhlbarg no elenco.

O filme foi selecionado para o Festival Internacional de Cinema de Toronto em 2017.

Resultado de imagem para me chame pelo seu nome
Me chame pelo seu nome: pinterst
Eu enchi essa postagem de imagens pois eu ainda estou totalmente apaixonada por cada fotografia desse filme, é incrível o jeito como esse roteiro me ganhou e mais uma vez o cinema está quebrando as cordas da família tradicional brasileira. Se você leu até aqui, me conta se já assistiu esse filme ou se pretende de alguma maneira assistir e deixe também sua indicação de filme para assistir e fazer resenhas aqui no blog.

17 comentários:

  1. Justamente pela fotografia do filme eu fiquei extremamente atraída e tô até agora doida pra assistir, mas não sei onde. A história é diferente e parece ser um longa lindíssimo. Estou ansiosa para vê-lo e tenho quase certeza absoluta que vai entrar pra minha lista de favoritos!

    um beijo,
    acid-baby.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria MUITO que a netflix colocasse essa obra de arte em seu catálogo para que ainda mais pessoas pudessem assistir. Assista o mais rápido possível e me conte o que achou, certo? Um beijo!

      Excluir
  2. Eu amei esse filme! Desde o trailer já me encantei, e também não foi só pela história dos dois, mas pelos cenários, a década, que eu também amo, foi os figurinos, as músicas, por ser passar na Itália! Tantos detalhes que me fizeram amar esse filme, e sinceramente, Armie Hammer, que homem! ♥ Hahahaha. Mas quanto a escolha dos personagens, não poderia ter sido melhor, acho que cada um se encaixou tão bem nos papéis e no final do filme o pai do Elio falando aquilo para ele foi muito lindo e emocionante, sem contar a cena que o Elio chora logo após desligar o telefone com Oliver, AAAAAHHHH, eu amei! Oremos para que a Netflix disponibilize logo nééé :)
    Beijos,
    https://blogluanices.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que já tenha assistido e compartilhe da mesma opinião que eu! O filme realmente te deixa encantado e eu ainda não sei dizer o que eu gostei mais, se foi o cenário, as pessoas, o clima de antigo ou a trilha sonora muito bem escolhida. Espero que a netflix realmente não demore tanto para comprar direitos sobre esse filme. Um beijo!

      Excluir
  3. Ai o filme parece ser incrível!
    Eu também leria o livro, porque sua opinião me deixou naquela vontade de ver e assistir essa história linda. ^^
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada e o filme é realmente bom, assista!

      Excluir
  4. Eu ainda não assisti a esse filme, mas estou doida para vê-lo!
    A história parece maravilhosa!

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. 💗💗💗
      ASSISTA! É uma história que vai te encantar!

      Excluir
  5. Nossa, eu não tô me aguentando de ansiedade por esse filme! Confesso que pela carinha de sessão da tarde, eu acabei ficando menos interessada, mas agora que tu avisou que mesmo assim o filme tem o seu charme, a vontade voltou! Espero gostar do Me Chame Pelo Seu Nome tanto quanto tu gostou <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Esse filme é lindo mesmo!
    Dá vontade de ir fazer um tour pelas locações haha.
    Fora a história, que deixou várias lembranças lindas depois de assistir.

    bjs
    Nana - Canto Cultzíneo

    ResponderExcluir
  7. Ainda não conhecia, amei demais sua resenha, já anotei a dica :D

    https://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Confesso que li um pouquinho evitando o spoiler (sou aloka dessas coisas ahsuahs), mas já quase sei de tudo que acontece nesse filme/livro do tanto que eu já vi sobre ele nessa internet de meodeos hahha
    Tô louca pra ler e assistir mas ainda não tive oportunidade, espero poder fazer isso logo <3
    beijoss
    N E O D E S V A R I O

    ResponderExcluir
  9. Quando eu soube sobre esse filme eu não fiquei com tanta vontade assim de ler, como fiquei agora ao ler sua Resenha sobre o filme.
    Pela sua resenha parece ser o filme lindo, e adorei também as fotografias.
    Aaaa agora quero muito ver ♡

    ResponderExcluir
  10. Oi! Tudo bem?
    Poxa, quatro horas é um tempão! Mas, pelo que vejo o pessoal falando desse filme e pelo que você mesma disse, parece ter valido a pena. O título desse filme me chamou bastante atenção desde a primeira vez que ouvi, mas não me interessei pela história logo de cara. Aí, falando em fotografia, você tocou no meu ponto fraco. Como eu disse, não me interessei direto pelo filme, mas de tanto ver o pessoal falar, a curiosidade despertou e agora já estou super com vontade de assistir. Acho que vou me obrigar a dar uma chance, né? haha

    Beijo!
    www.controversos.com

    ResponderExcluir
  11. oi L! acredita que eu nunca tinha ouvido falar nesse filme sequer uma vez? e nem estreou no cinema da minha cidade. fiquei bolada agora que descobri que ele parece ser tão maravilhoso. baixei o livro pra ler, espero conseguir terminar logo (afinal agora estou lendo o menino que desenhava monstros. conhece? é maravilhoso, recomendo). quando eu tiver uma opinião formada em torno desse filme/livro eu volto aqui e espero que possamos conversar a respeito dele! ♥

    ResponderExcluir
  12. Quero muito assistir esse filme logo!! Queria poder ver no cinema, mas é dificílimo de isso acontecer (já que não ha um onde moro). Uma amiga minha já viu e disse que era muuuuito bom, inclusive a primeira foto do post é o plano de fundo do telefone dela asodkoas Não sabia muito sobre o que se tratava a história. Fiquei mais interessada ainda! Anos 80 e fotografia são coisas que me chamam muito a atenção também osdkodk

    ResponderExcluir
  13. Olá, olá!=)

    Cheguei aqui e encontro esse primeiro post tão especial, de um filme que me tocou tanto, uma história que me deixou tão emocionado, ao mesmo tempo abafado, num misto de prazer e agonia. E sim, a fotografia desse filme é maravilhosa. A ambientação, o cenário (que lugares lindos e inspiradores).

    Assisti ao filme antes de ler o livro - estou na última parte dele - e posso afirmar que é uma ótima adaptação. Não encontrei algo que me deixasse a desejar até agora, embora o livro seja mais cheio de detalhes, o que já é comum. Mas nesse caso está tudo na medida.

    Após o filme escrevi um texto - não uma crítica ou resenha - sentimental, expressando minhas emoções em relação ao filme. Se quiser conferir o texto, segue o link: http://www.vidaeletras.com.br/2018/03/me-chame-pelo-seu-nome-uma-explosao-de.html


    - Bjux,
    Diego || Blog Vida & Letras ♥
    www.vidaeletras.com.br

    ResponderExcluir